1 comentário:
De EntreDoisMundos a 4 de Abril de 2009 às 09:02
O verdadeiro amor da natureza é intemporal. Não há tempestade que o derrube.e assim se faz a vida.
Abraço rui

Comentar artigo